Como o Design Thinking auxilia na criatividade

O ser humano não vive sem criar e, para fazer isso, precisamos usar a criatividade e a inovação. Como é necessário inovar e usar a criatividade tanto na vida pessoal quanto na vida profissional, o Design Thinking é a abordagem mais usada na solução de problemas.

Um exemplo de Design Thinking na prática são os Cursos da Echos, que ajudam os leitores a solucionar problemas e a tomar decisões sobre qual produto comprar.

Você quer aprender como aplicar essa abordagem para ser mais criativo? Então vamos lá!

Conceito

Design Thinking é um modo de abordagem tomado do campo do design e adaptado para ser usado em qualquer área. É uma maneira de pensar que ajuda a buscar soluções inteligentes  para resolver diversos tipos de problemas.

Ele oferece às empresas vantagens como a o foco no problema do cliente, a criação de um ambiente favorável à inovação e a constante busca pela eficiência operacional.

O Design Thinking tem o objetivo de trabalhar com o processo criativo e designar soluções para problemas e desafios.

Como aplicar o Design Thinking para ser mais criativo

A abordagem oferece inovação, uma capacidade de mudar ou criar algo novo com o objetivo de melhorar a vida das pessoas.

A forma de pensar do Design Thinking segue quatro mudanças:

  1. Decidir tendo o ser humano como foco;
  2. Indagar as questões o tempo todo;
  3. Construir para pensar de forma crítica;
  4. A capacidade de questionar, mudar e de quebrar o modelo do que é conhecido e já foi feito.

Etapas do Design Thinking

  • Empatia

Essa etapa é essencial para obter uma visão geral do cliente. É a fase onde você conhecerá os desejos e as necessidades dele. Para isso, use a empatia para ver, ouvir e sentir. Coloque-se no lugar do cliente e veja o que, quando e como uma ação é possível em direção a uma solução.

  • Definição

Etapa em que os fatos coletados são interpretados, o problema do cliente é identificado e soluções inteligentes são encontrados para resolvê-lo.

  • Idealização

Etapa em que a criatividade é usada para encontrar várias soluções possíveis para o problema do cliente.

  • Protótipos

É o momento de transformar ideias em prática, testar possibilidades e gerenciar soluções. É apresentado como fase final do processo da abordagem, mas pode estar presente em todo o projeto.

  • Testes

Com os protótipos criados, é hora de apresentá-los ao cliente e receber feedback. Nessa etapa, aprende-se mais sobre o usuário, e as ideias e soluções são alinhadas.

Portanto, para alcançar sua meta e resolver os problemas, é importante saber como aplicar essa abordagem.

Já reparou como acontece com frequência de as ideias ficarem muito tempo sendo desenvolvidas e não serem testadas? E quando finalmente são testadas descobre-se um erro que acaba fazendo com que as ideias sejam deixadas de lado pelo fato de já estarem sendo desenvolvidas há bastante tempo.

Viu como é fácil colocar em prática o Design Thinking em sua vida pessoal e profissional? Compartilhe o conteúdo nas redes sociais e ajude outras pessoas a ficar por dentro do assunto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *